Michnê Torá de Rabi Mochê ben-Maimon

Voltar para a página principal

Grandes Figuras do Judaísmo Hispano-Português

Os Grandes Filhos da Nação:

R. Isaac Nunes Belmonte

Dentre os sábios da Turquia no século 18 destaca-se o rabino Nunes Belmonte, que escreveu sobre os primeiros dois tomos do Michnê Torá, a precípua obra de Maimônides em importância para o judaísmo prático. O livro foi intitulado "Sha'ar ha-Mêlekh" ("Portal do Rei"). O livro foi aceito em todas as comunidades judaicas do mundo, especialmente entre os asquenazitas na Polônia, pelo que teve o mérito de ser reimpresso com notas de outros rabinos posteriores a ele. Outro livro foi publicado por este rabino turco contendo discursos em diversos assuntos concernentes a temas judaicos ("derachôt").

Após o incêndio que dominou Esmirna no ano 532, no qual foram incendiadas todas as sinagogas e centros de estudos toráticos da cidade,viajou o rabino à Itália para efetuar a arrecadação de dinheiro afim de que se torne possível a reconstrução das sinagogas de Esmirna. Estando na cidade de Livorno, imprimiu o livro "Assifat Zeqenim" ("Reunião dos Anciãos"), que é uma metodologia de estudos sobre o Tratado Baba Batrá de autoria do rabino Betsaleel Askenazi, onde são reunidas diversas opiniões e diversos comentários acerca de cada trecho deste tratado. Porém, não teve o prazer de ver o livro, morrendo antes que ele fosse editado, em Livorno mesmo, no ano 5.534 (calendário hebraico).


Michnê Torá de Rabi Mochê ben-Maimon

Página principal

| Voltar |