| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 7 |

Capítulo 1


, : , ; , -- , . , . , ; , . 1 Variadas personalidades há entre as pessoas - distintas entre si e distantes umas das outras exacerbadamente. Pessoas há iracundas, que sempre encontram-se iradas; outras, [entretanto], sempre calmas, não se enervam jamais; e, caso aconteça, pouco se enervarão, e uma vez apenas em anos. Outras há que são orgulhosas exageradamente, enquanto que outras chegam a ser mais que humildes. Uns, são exageradamente viciosos - não conseguem satisfazer-se de seus desejos; outros, sua pureza é tão grande que não desejam sequer as coisas que são imprescindíveis às necessidades físicas.

, , " - " ( ,); , , . 2 Há aqueles que são demasiadamente ambiciosos, nunca estarão satisfeitos mesmo tendo todo o dinheiro que exista no mundo, conforme o que fora escrito: "Quem ama a prata, dela não se satisfará!" (Ec 5:9); outros, diminuidores de suas ambições, é-lhes bastante mesmo o mínimo que nem é suficiente, sem que desejem conseguir para si [sequer] segundo suas necessidades.

, ; , . -- , , , , , . 3 Existe o que causa a si próprio suplício de fome - fechando sua mão para não comer nem sequer uma moeda mínima de seu dinheiro, a não ser por grande angústia; há porém, outro - que destrói seu próprio dinheiro por suas próprias mãos, conscientemente. Assim, todas as demais personalidades - como o álacre e picaresco, o feral e tristonho; o nobre e o miserável, o perverso e o misericordioso, o medroso e o corajoso e assim por diante.

[] , . -- , ; , ; , , , . 4 Há entre [estas diversas classes de] personalidades distantes umas das outras as que encontram-se no meio - [também estas] distantes umas das outras. Todas as personalidades, delas há que a pessoa já as tem por natalidade, de acordo com sua natureza corporal. Outras, o homem adquirí-las-á durante sua vida, pela inclinação natural de seu corpo, mais rapidamente que outras. Outras, recebê-las-á por intermédio de outras pessoas, aprendendo-as, ou buscando-as por si mesmo, de acordo com um pensamento que teve, ou por que ouvira dizer que esta é boa para si, devendo seguir por tal caminho, acostumando-se a ela até que transformara-se em sua própria natureza peculiar.

[] , ; , . , , , -- , . 5 Ambos os extremos de todas as personalidades - não é aconselhável para ninguém tomá-los por meta, [a saber - para que seja] "sua forma de ser", não sendo apropriado para nenhum ser humano andar por elas ou ensiná-las a si próprio. E, caso achar que sua natureza pessoal se inclina para uma delas naturalmente - ou que é pronta para uma delas, ou que já aprendera uma delas, acostumando-se - deve obrigar-se a si próprio o retorno ao bem, buscando o caminho dos bons, que é o caminho reto.

[] -- , ; , . , , . 6 O caminho reto é a personalidade mediana entre todas as personalidades que existem entre os seres humanos - aquela que encontra-se distante de ambos os extremos distância igual, sem que esteja próxima nem de um, nem do outro. Portanto, ordenaram os Sábios que esteja o homem sempre verificando sua personalidade, pesando sua forma de agir [como que] numa balança, colocando-a sempre no [caminho do] meio, para que torne-se perfeito.

-- , ; : , . 7 Como assim? Não seja iracundo, irando-se facilmente - tampouco como um morto que nada sente, senão mediano: não se ire a não ser por uma grande razão sobre a qual realmente há motivo para tanto, para que não venha a agir assim em outra ocasião.

, "--, " ( ,). , "-, " ( ,). , , , . , , , . . , . 8 Assim também, não deseje senão as coisas necessárias ao corpo, sem que possa subsistir sem elas - conforme está escrito: "O justo come [somente] para satisfação de sua alma!" - Pv 13:25. Igualmente, não esteja trabalhando a não ser para conseguir o que necessita para pouco tempo, conforme está escrito: "Bom é o pouco para o justo..." - Sl 37:16. Tampouco feche sua mão demasiadamente, bem como não espalhe todo seu dinheiro - senão fazendo caridade de acordo com o que pode, emprestando a quem precise. E, não seja burlesco e risonho, nem tristonho e melancólico, senão alegre por todos os seus dias controladamente, demonstrando sempre um bom rosto para os demais. Assim seja também [faça] com todas as demais maneiras de ser, sendo este o caminho dos sábios.

, ; [] , . 9 Toda pessoa cujas maneiras sejam todas medianas, é chamado sábio. Quanto àquele que se afasta do caminho do meio por ser meticuloso consigo mesmo, aproximando-se mais de um dos lados - é chamado ĥassid.

: , -- ; . , -- ; . , . : , ; . 10 Como assim? Quem afasta-se de ser orgulhoso até o outro extremo, tornando-se mais que humilde - é chamado ĥassid. Quanto a esta forma de agir, é chamada midat ĥassidut. [Mas], caso distanciara-se [de sua tendência] somente até o meio - tornando-se humilde - é chamado sábio, sendo esta forma de agir [chamada] midat ĥokhmá. Os ĥassidim da antiguidade desviavam suas maneiras do meio para uma das extremidades: umas para uma extremidade e outras para outra. Isto, [porém], está além do que é toda pessoa obrigada a cumprir.

, , ", " ( ,). [] : , ; , ; , . , -- , . 11 Somos ordenados a andar por estas sendas do meio - que são os caminhos do bem, os caminhos retos, de acordo com o que está escrito: "Andarás por Seus caminhos" - Dt 28:9. Assim ensinaram [os Sábios do Talmud] com respeito ao cumprimento deste preceito: "Como é Ele (Deus)? - Piedoso?! Também tu, sê piedoso! Como é Ele? Misericordioso?! Tu também, sê misericordioso! Como é Ele? Santo?! Que tu sejas também santo!!" - Por esse motivo é que chamaram os profetas a Deus por estas qualificações - "Piedoso", "Paciente e Bondoso", "Justo e Reto", "Pleno", "Poderoso e Forte" e assim por diante - para fazer saber que são estes bons caminhos e retos, e o homem é obrigado a conduzir-se por eles e parecer-se [com as formas como Deus é chamado] de acordo com sua capacidade.

[] -- , , , . 12 Como se acostumará uma pessoa a estas qualidades personais até que se façam nele permanentes? - Deve agir assim uma, duas e três vezes nas coisas das quais se ocupa de acordo com a forma de agir mediana, voltando-se a elas sempre - até que sejam seus feitios [em tal forma de agir] fáceis para si, sem que se esforce [para agir conforme elas]; assim, tornar-se-ão permanentes em sua pessoa.

, , , '. , " , - - , ', " ( ,). 13 Por serem estes os nomes pelos quais é cogominado o Formador, são os mesmos os caminho mediano pelo qual devemos caminhar - pelo que é chamado "O caminho de Deus". Era este o caminho que ensinava Abraham a seus filhos, conforme está escrito: "Pois Eu o conheci, para que ordene a seus filhos e a sua casa após si que guardem o caminho de Deus!" - Gn 18:19.

, , ", ' , , " ( ,). 14 Quem anda por este caminho, traz bem e bênção para si mesmo, como o que está escrito [no mesmo lugar mencionado]: "...para dar Deus a Abraham tudo o quanto lhe dissera...".


| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 7 |