| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 7 | cp 8 | cp 9 | cp 10 | cp 11 | cp 12 |

Capítulo 6


-- , , , ; , . 1 Aquele que faz o feitio de ov ou de ide'oni por vontade própria e intencionalmente, incorre em pena de carêt. No caso de haverem testemunhas e hatra'á, deve ser punido com penalidade de seqilá. No caso de haver sido inconsciente, deve trazer sacrifício ĥatát qevu'á.

-- , , , . 2 Qual é o feitio do ôv? - levanta-se, acende determinado tipo de inscenso, toma um bastão de cidra em sua mão, erguendo e movendo-o, pronunciando baixo palavras próprias aos praticantes deste ato, até que pareça ao inquiridor como se estivesse alguém falando consigo, respondendo-lhe sua pergunta, em vozes que venham de sob o solo por um sussurro, como se não pudesse ser perceptível à audição, senão unicamente captado pelo pensamento.

, . , ; , . 3 Similarmente - o que toma uma caveira, oferece-lhe incenso e adivinha através dela, até que ouça algo semelhante a uma voz provindo de sob suas axilas, sussurrando, dando-lhe a resposta. Todos estes são feitios de ôv. Todo o que fizer um destes tipos de ações [mágicas], incorre em pena de seqilá.

[] -- , , . , ; , "- - -" ( ,). 4 Qual é o feitio do ide'oni? - ergue um osso de determinada ave, cujo nome é conhecido por si próprio, e faz outros tipos de ações, até cair como desmaiado, e prediga por sua própria boca coisas vindouras. Todas estas ações são tipos de idolatrias, e a advertência acerca delas na Torá, onde encontramos? - [Disseram os Sábios:] "-Aprende a dizer: "Não vos dirigireis aos ovôt, nem aos ide'onim..." " - Lv 19:31.

[] -- , ; , . --, " , ; , " ( ,). -- " -, " ( ,), "- , - " ( ,). 5 Quem der de sua semente para Môlekh - por sua própria vontade e deliberadamente, incorre em penalidade de carêt, inintencionalmente, deve oferecer ĥatát qevu'á; e, caso haja feito diante de testemunhas e após hatra'á, incorre em penalidade de seqilá, pelo que está escrito: "...que der de sua semente para Môlekh, certamente morrerá; o povo da terra apedrejá-lo-á..." - Lv 20:2. Quanto a sua advertência, de onde? Está ecrito: "...de tua semente não farás passar a Môlekh..." - Lv 18:21 - e, adiante, diz: "Não se ache em ti quem faça passar seu filho ou sua filha pelo fogo..." - Dt 18:10.

-- , , ; , : , . , . 6 Como costumavam fazer? - Acendia-se uma grande fogueira, tomava-se de sua semente um pouco e entregava-se aos sacerdotes, servidores do fogo, após o que devolviam os sacerdotes o filho ao progenitor, após haver sido dado a eles a autoridade de fazê-lo passar pelo fogo. O pai, então, era quem fazia passar o filho pelo fogo, com a permissão dos sacerdotes, fazendo-o passar por seus próprios pés de um lado a outro através da chama. Não que o queimasse para Môlekh, como se fazia com seus filhos e filhas para outra idolatria, senão simplesmente o passar pela chama, era o serviço idólatra dedicado ao ídolo cogominado Môlekh. Portanto, quem fizer este tipo de serviço para outro ídolo que não Môlekh, está isento de penalidade pela Torá.

[] , ; , , --. , : " , " ( ,)--, . 7 Não incorre em pena de carêt ou seqilá enquanto não entregar [o filho] para Môlekh e não fizer com que traslade a chama a pé, pela forma designada [de acordo com as normas desta idolatria]. Se entregou, mas não fê-lo passar, ou fê-lo passar sem [antes] entregá-lo, ou fê-lo passar não segundo as normas, é isento. Tampouco é passível, enquanto não fizer passar parte de sua semente, deixando outra parte, conforme o escrito: "...pois de sua semente deu a Môlekh..." - (Lv 20:3) - "...de sua semente...", não toda ela.

[] , ; , : , . , --. , --. 8 Seja semente na qual não haja dolo, seja na qual exista razão de labéu, seja dos filhos ou das filhas, por qualquer fruto que saia de sua coxa, é passível, porquanto trata-se de sua semente. Todavia, caso haja feito passar seu irmão ou irmãs, ou seus pais, ou a si póprio, está isento [pela Torá]. Havento feito passar um de sua semente dormindo ou sendo cego, é isento [pela Torá].

[] -- , ', , "- , , , ' " ( ,). , . 9 A lápide proibida pela Torá - é uma construção em torno da qual a multidão se reúne, mesmo que seja para servir a Deus, porquanto este era um costume dos idólatras, pelo que está escrito: "...não construirás para ti lápide, que odeia Ado-nai teu Deus..." - Dt 16:22. E, todo o que levantar uma lápide, incorre em pena de açoites.

-- , : " , ? " ( ,). , '. , -- . 10 O mesmo ocorre com a [pedra chamada] "êven maskit": mesmo que use-a para se curvar por terra perante Deus, incorre em pena de açoites, pelo que está escrito: "Êven maskit não colocareis em vossa terra, para sobre ela curvar-se..." - Lv 26:1 - por ser o costume dos idólatras colocar uma pedra perante o ídolo para sobre ela curvar-se, pelo que não se faz o mesmo para Deus. Não incorre em penalidade de látegos enquanto não houver estendido sobre ela braços e pernas, estando todo em decúbito dorsal, por ser este o curvar-se trazido na Torá.

[] , ; , ' : " , ? " ( ,)--"" , . 11 Em que caso [dizemos ser proibido]? em todo lugar, [exceto no Templo em Jerusalém], mas no Templo é permitido curvar-se sobre as pedras, pelo que está escrito: "...Não poreis em vossa terra...." - Lv 26:1 - [como dizendo:] "Em vossa terra não podeis curvar-se sobre pedras, mas, curvais sobre as pedras lapidadas no Templo.

, , , . -- , : . 12 Por isto, costume é entre todos os judeus estender esteiras em suas sinagogas cujo solo é de pedras, ou colocar nelas tipos de juncos e palha, [coisas] que sejam separação entre seu rosto e as pedras. Caso não encontre algo que possa servir de separação entre si e as pedras, deve dirigir-se a outro local e curvar-se ali, ou desviar o rosto para o lado ao curvar-se, evitando juntar a face com a pedra.

[] ' -- , . -- , -- , . 13 Todo o que se curvar para Deus sobre pedras lapidadas sem estender braços e pernas, não incorre em pena de açoites, mas é castigado com "macát mardut". Porém, caso haja feito isso para um ídolo, a partir do momento que pouse seu rosto no chão, deve ser apedrejado [pelo sistema já mencionado, chamado "seqilá", que é o apedrejar lembrado na Torá].

[] , -- , -- , "- , -" ( ,): -- , . 14 Todo o que plantar uma árvore ao lado do altar ou em todo o átrio, seja árvore frutífera ou não, - mesmo que haja feito isto para embelezamento do Templo - e, mesmo que haja estado mais belo - incorre em pena de açoites, pelo que está escrito: "...Não plantareis "acherá" - toda árvore..." - por ser este dos costumes dos idólatras - plantar árvores em torno dos altares de seus ídolos, para que ali se reúna o povo.

[] , , , -- , "-" ( ,); -- , . 15 E, é proibido construir êxadras de madeira no Templo, conforme faz-se nos quintais, mesmo que seja isto [um dos tipos de] construção, e não árvore plantada. [Trata-se esta proibição de um] distanciamento maior, pelo que está escrito: "...toda árvore..." - Dt 16:21.


| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 7 | cp 8 | cp 9 | cp 10 | cp 11 | cp 12 |