| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 8 | cp 9 | cp 10 |

Capítulo 7


, , , . 1 Já que toda pessoa tem seu arbítrio em seu poder - conforme explanamos - se esforce [convencendo-se a si próprio de sua capacidade] em fazer techuvá, sacudindo-se de suas transressões, para que ao morrer seja "ba'al techuvá", para que possa merecer a vida no mundo vindouro.

, ; , -- . "-, " ( ,). 2 Deve sempre a pessoa ver-se a si mesmo como se estivesse prestes a morrer, que pode ser que morra naquele mesmo momento e encontra-se em transgessões. Por isto, deixe seus erros imediatamente, e não diga: " - Quando envelhecer, farei techuvá!" - pois pode ser que morra antes de envelhecer. É o que disse Salomão por sua sabedoria: "Em todo tempo, estejam tuas vestes brancas..." - Ec 9:8.

, . -- , : , , , , , , , -- . , , , . " , " ( ,). 3 Não diga que não há techuvá senão para transgressões nas quais haja feitio [físico], como prostituição, gêzel e roubo. Assim como a pessoa precisa fazer techuvá por estas - também precisa auto-inspecionar-se acerca de seus maus costumes, e deixá-los, como por exemplo: da ira, da inimizade, da inveja, da concorrência, do escárnio, do correr atrás da fortuna, da comelança e similares - de tudo isto é preciso fazer techuvá, e estas iniquidades são piores que aquelas nas quais haja feitio físico, pois quando a pessoa se apega a estas, é difiícilimo deixá-las. Assim disse [o profeta]: "Deixe o ímpio seu caminho, e o iníquo - seus maus pensamentos..." - Is 55:7.

, . , , ; , . , , : , . 4 Que não pense o ba'al techuvá que está ele distante do grau dos justos, devido às iniquidades e transgressões que praticara. Não é assim, ao contrário: é ele amado pelo Criador, como se jamais houvesse transgredido. Não somente isto, senão que sua paga é grandiosa, pois provou o gosto da transgressão, e dela se afastou, dominando seu [próprio] impulso. Disseram os Sábios: " - Onde acham-se ba'alê techuvá - os justos plenos não são capazes de manterem-se presentes!" - quer dizer: seu grau é mais elevado que o dos que jamais cometeram transgressões, pois dominam seus instintos mais que estes.

, ; , . , , " - - , , , ; , - . . . -' . . . ' - . . ." ( ,-). 5 Os profetas todos ordenaram acerca da techuvá, e o povo de Israel não pode ser redimido, senão através da techuvá. E, já prometera a Torá que o povo judeu ao final fará techuvá, com o término do exílio, sendo imediatamente redimidos conforme está escrito: "Será quando vierem sobre ti todas estas coisas ... a bênção e a maldição - tornarás a teu Deus, e então Deus dar-teá de volta teu descanso..." - Dt 30:1-3.

-- ", , , ' " ( ,), " , -'" ( ,; ,; ,; ,; ,; ,), "- -' , " ( ,): , . 6 Grande é a techuvá - pois aproxima o ser humano da "Chekhiná", como está escrito: "Volta-te, Israel, a Ado-nai teu Deus..." - Os 14:2 - e, está [ainda] escrito: "Voltai, minhas testemunhas, é o pronunciamento de Ado-nai..." - Am 4:6; 4:8, 9, 10,11. E, está escrito: "Se tornares, Israel, a mim voltar-te-ás - é o dito de Ado-nai..." - Jr 4:1 - quer dizer: se fizeres techuvá, a mim te ligarás.

: , ; , . -- , : " - , - , , -" ( ,), " - . . ." ( ,), "- - , - " ( ,). " . . . - , -', , " ( ,). 7 A techuvá aproxima [de Deus] os [que dEle encontram-se] distanciados. Ontem - era este odiado por Deus, infectado, distanciado e abominação; hoje - é amado, querido e próximo e amigo [de Deus]. Assim, encontras que na mesma [forma de] linguagem que o Santo, Bendito é Ele, distancia aos transgressores - nela [mesma] aproxima aos que [a Ele] tornam-se, seja a pessoa em particular, ou seja o público [geral], conforme está escrito: "...Será que, em lugar do que seria-lhes dito: "Vós não sois meu povo" - ser-lhes-á dito: "Filhos de Deus vivo"..." - Os 2:1. E, acerca de Jeconias em sua impiedade, foi dito: "Escrevei sobre este homem: "Desprovido de semente, varão que não terá êxito em seus dias!"..." - Jr 22:30, "...Se estará Jeconias, filho de Jeoiaquim, rei de Judá, selando por sua destra..." - Jr 22:24. Mas, por haver feito techuvá em seu exílio, foi dito acerca de Zorobabel, seu filho: " "Naquele dia" - diz Ado-nai Sebaôt- "tomar-te-ei a ti, Zorobabel, filho de Sealtiel, meu servo, e colocar-te-ei por selo..." " [como que dizendo] "em minha mão direita" - Ag 2:23.

[] : ' , "?, , , " ( ,). , " - , " ( ,). , "- , " ( ,), " - " ( ,), " -, " ( ,). , ", , ', " ( ,). , " -, " ( ,). , " , -" ( ,). , ", ', , -- , " ( ,). 8 Quão elevado é o grau da techuvá! Ontem, encontrava-se este separado do Deus de Israel, como está escrito: "Vossas iniquidades são separação entre vós e vosso Deus!..." - Is 59:2 - ao clamar, não obtinha resposta, como está escrito: "Mesmo se multiplicardes vossas orações, não sou ouvinte..." - Is 1:15, ao cumprir preceitos, eram destroçados em sua face, conforme está escrito: "...Quem pediu de vós que [viésseis] pisar meus pátios?..." - Is 1:12 - "Quem dera dentre vós alguém fechasse as portas..." - Ml 1:10 - hoje, está ligado à Chekhiná. como está escrito: "Vós, que sois ligados a Ado-nai vosso Deus,... " - Dt 4:4 - ao clamar. tem resposta imediata, conforme está escrito: "Será que antes que clamem, eu responderei..." - Is 65:24. Ao cumprir os mandamentos, imediatamente seu feitio é bem recebido, como está escrito: "...Pois já aceitou Deus teus feitos..." - Ec 9:7 - e não somente isto, seão são desejados, como está escrito: "Agradável será para Deus a oferta de Judá como mui antigamente, como nos dias antigos..." - Ml 3:4.

[] , : , , -- . , ; , . 9 Os ba'alê techuvá [verdadeiros], seu proceder [comum] é serem humildes exacerbadamente, e se são maltratados ignominiosamente pelos estultos pelas coisas que fizeram anteriormente, dizendo-lhes: " - Onem, fazias isto e aquilo!" - não lhes dará ouvidos [como se nada houvessem falado, nem sequer respondendo-lhes]. Ao contrário - ao ouví-los, alegram-se, [por que] sabem que isto [servir-lhes-á] por mérito, e toda vez que eles se envergonham das coisas que transgrediram, e sentem-se ultrajados por eles, seu mérito aumenta, e seu grau se eleva.

, , , . , , , " -" ( ,). 10 É gravíssima a transgressão de lembrar a um ba'al techuvá seus antigos atos, ou lembrá-los perante ele, envergonhando-o; ou, lembrar coisas ou assuntos semelhantes para que lembre-se do que fez. Tudo isto é proibido - e [quem o faz] encontra-se transgredindo a advertência [de preceito negativo] incluído em desonestidade por palavras - como está escrito: "Não sereis desonestos um para com o outro..." - Lv 25:17.


| A Torá Oral | Todo o Michnê Torá | Glossário |
| cp 1 | cp 2 | cp 3 | cp 4 | cp 5 | cp 6 | cp 8 | cp 9 | cp 10 |